Klout, Kloutificação e Facebook

Os Desafios do Marketing na Era Digital
17 de maio de 2012
Cérebro e Tecnologia: o bit nosso de cada dia
26 de setembro de 2012
Martha Gabriel
por Martha Gabriel, 26 de maio de 2012

O Klout é considerado hoje como um dos principais índices de mensuração de influência de perfis sociais. Pessoas têm sido contratadas, ou não, em função do seu Klout, como reportado nessa matéria da Revista Wired. O índice Klout de uma marca está relacionado ao sucesso do seu website, como reportado por Dan Zarrela. As pessoas começam a ser rankeadas e segmentadas pelas marcas em função do seu Klout.

É inegável que o índice Klout representa, em algum grau, o nível de influência de um perfil — seja ele uma marca ou uma pessoa. No entanto, é preciso ter cuidado
com a confiança que se deposita em índices, pois antes de usá-los é essencial que se conheça o modo como foram obtidos e o que eles realmente siginificam. Todo índice reduz — quando você é uma coisa, não é outra. Assim, a “kloutificação” dos perfis tem sido criticada e discutida com frequência, pois reduz pessoas e marcas a um número que pode não ser representativo de todas as dimensões de influência que possui (veja esse interessante post sobre isso).

Particularmente, talvez devido à minha formação técnica, sou viciada em índices e estatísticas. No entanto, da mesma forma, sou viciada em saber os critérios usados na sua obtenção. No caso específico do Klout, descobri recentemente como ele mensura páginas do Facebook: ele simplesmente não considera páginas do Facebook na composição do índice. Isso mesmo, o Klout só computa perfis no Facebook em seus índices e isso representa, na minha opinião, um grande problema de distorção. Vamos à descoberta:

No inicio de 2012, o meu perfil no Facebook tinha alcançado o limite de 5 mil amigos, sem contar as solicitações pendentes de amizade e assinaturas. Decidi, então, migrar o meu perfil para página. Além de opções para empresas, o Facebook oferece também a opção de criação/migração de páginas para pessoas, como pode ser visto na figura abaixo:

 

Tipos de páginas no Facebook

Tipos de páginas no Facebook

Assim, em janeiro/2012, virei uma página no Facebook, que desde então tem crescido de forma consistente, tanto em quantidade de fans (50% de crescimento em 4 meses) quanto em volume de interações. Logicamente, me certifiquei na minha conta do Klout, que o link referente à minha presença no Facebook estava apontando para a minha página.

No entanto, percebi recentemente (maio/2012) que o meu índice Klout havia caído. Analisei, então  os parâmetros “90-day Activity” no dashboard de “Score Analysis” da minha conta Klout e notei que todas as minhas estatísticas referentes ao Facebook estavam ZERADAS. Isso mesmo, zeradas, como pode ser visto abaixo:

Atividade do Facebook relatada na conta Klout de Martha Gabriel em 26.mai.2012

Atividade do Facebook relatada na conta Klout de Martha Gabriel em 26.mai.2012

No dia 20/maio/2012, enviei um email para o Klout informando o problema. Alguns dias depois, recebi a resposta, informando que não era um problema particular na minha conta, mas que na realidade,  páginas no Facebook não contribuem para o Klout score, como pode ser visto abaixo:

Mensagem de contact@klout.com para Martha Gabriel

 

Enviei nova mensagem em resposta dizendo que eu achava inadmissível que páginas no Facebook não fossem computadas no índice Klout, principalmente porque, quando uma pessoa migra de perfil para página significa que possivelmente ela esteja aumentando a sua influência. Mesmo que a influência não aumentasse com a página, o Facebook é um dos fatores importantes que contribui para o Kout Score. Como podemos confiar em um índice que  joga fora o histórico anterior do perfil de uma pessoa, zerando os seus dados, quando ela passa a ser página? Dessa forma, o índice mais usado para medir influência social, mede influência parcial, desprezando um dos dados relevantes para o cálculo.

Diz-se nos meios matemáticos que “a estatística é a arte de torturar os dados até que eles confessem”.  O problema é quando se está torturando os dados errados.

Pior do que não se ter dado algum para tomar decisões, é basear-se em dados errados.

— Martha Gabriel
26.maio.2012

 

ATUALIZAÇÃO em 1.out.2012 — No final de setembro/2012 o Klout começou a considerar as páginas do Facebook no índice (veja a figura abaixo, mostrando a variação no índice na última semana de setembro).

Klout de Martha Gabriel em 1/out/2012

Dashboard do Klout de Martha Gabriel em 1/out/2012

 

9 Comentários

  1. Belo texto com uma crítica muito relevante e digno de compartihamento. Também não vejo sentido em deixar pra trás um histórico de relacionamento que reflete a relevância de um perfil medido através do klout score, assim como novas FanPages nasçam sem dados para uma auto-crítica e base para tomada de decisão.
    Abraços

  2. Olá Martha, tudo bem?

    Muito bom sua análise sobre o Klout. Parabéns!!

    Descobrir que esse importante índice de mensuracão de influências de perfis sociais tem uma falha é muito importante para não creditarmos toda a nossa vida digital em um único sistema.

    O mais absurdo é os caras não corrigirem o problema.

    Fica o alerta.

    Forte abraço,

    Sucesso Sempre.

  3. Rafael Daibs disse:

    Bom dia Martha!

    Acho mais interessante mensurar uma real e tangível transformação estimulada por influencia de uma marca ou pessoa do que estabelecer e ou considerar parâmetros que na melhor estratégia podem ser controlados para que “bons” resultados sejam alcançados na rede.

  4. Leandro Leite disse:

    É mesmo bem estranho…

    Mas depois de ler seu texto, e concordar com sua crítica, pensei no seguinte: talvez o Klout só leve em consideração os perfis pessoais para medir a influência da pessoa, até porque as páginas são mais utilizadas por empresas e marcas mesmo.

    Imagina o K de uma página do Corinthians, por exemplo!? rs

    De qualquer forma, deveria ser possivel trocar a base de dados que o Klout levaria em consideração, já que existem muitas pessoas como você que, fazem com que os perfis se tornem pequenos.

    Vamos ver se o Klout corrige esse equívoco e deixa sua ferramenta melhor!

    Abraço!

  5. Ana Domingues disse:

    Não entendo o Klout, pois há apenas um cliente onde trabalho que o Klout pega as informações da fanpage.

  6. Armando disse:

    O Klout tem um algoritmo falacioso. O índice serve para pouco mais que nada. Nao é dessa forma que voce mede o impacto de uma pessoa numa rede. Nos estamos a trabalhar num algoritmo bem superior a esse, usando redes complexas.

  7. BaseKit disse:

    O índice Klout sempre teve suas falhas.
    Pra mim, era inadimissível o índice ter como grande peso o número de seguidores e a quantidade de mensagem enviadas por um perfil no Twitter.
    Existem muitos perfis no Twitter com grande audiência, porém, esta muitas vezes é fantasma! Perfis usam pragramas para ganhar seguidores e depois postam qlq coisa sem relevância….elevando o índice Klout.
    Parece que isso foi corrigido.
    Enfim, o Klout é uma boa ferramenta para analisar alguns perfis, mas não deve ser a principal quando falamos em apontar influênciadores.

  8. A verdade é de uma ou outra forma, mundo digital exige indicadores e mensuração.

    Att,
    Marcelo

  9. Bruna Menezes disse:

    Oi Martha,
    Vc colocou abaixo: “ATUALIZAÇÃO em 1.out.2012 — No final de setembro/2012 o Klout começou a considerar as páginas do Facebook no índice.” Depois disso tem alguma consideração a fazer sobre o Klout para as fan pages??

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assinar Newsletter

NEWSLETTER

Quer receber novidades sobre cursos e eventos e as últimas atualizações do blog? Assine a newsletter!