Digital Oracles
10 de Janeiro de 2012
SKINdoscopeSL
10 de Janeiro de 2012

Arte

Martha Gabriel
por Martha Gabriel, 10 de Janeiro de 2012

SKINdoscope

Mar.2007 – “SKINdoscope” – Description in English: Web-art work that focus on the poetics of alterity – the game of identity and alterity. Based on interactors’ data (skin color, name, city, country, gender, height and weight) the work creates different visual kaleidoscopes intending to cause reflection about people’s differences and similarities. Presented at FILE Festival 2007, Brazil, aug.2007; FILE Festival Rio 2008 & FILE Symposium Rio 2008, Brazil, mar.2008; IV Media Arts – Festival de La Imagen – Colombia, apr.2008; Visionary Landscapes, ELO Conference 2008, US, may.2008; (https://www.martha.com.br/art/skindoscope/)


SKINdoscope (PELEdoscópio)

https://www.martha.com.br/art/skindoscope/
arte digital interativa on-line
vídeo demo online – http://migre.me/2G5u

Martha Gabriel, 2007

Imagem: Screenshot da tela de interação do trabalho SKINdoscope

A pele é o maior órgão do corpo humano, e além de ser sua camada protetora e um sistema que regula a temperatura corporal e recebe estímulos de dor e de prazer, ela também contribui fortemente para a identificação dos indivíduos: é a pele que em primeira instância separa fisicamente o mundo interior e o mundo exterior das pessoas -– o  outro.

Entre as várias características da pele que distinguem uma pessoa de outra, a sua cor é uma das mais interessantes e talvez a mais polêmica. A pele humana possui nuances de cores peles que compões juntas uma verdadeira e interessante aquarela. A cor da pele tem sido motivo de paixões e de guerras na história da humanidade pois ela tanto pode unir como  separar, tanto na semelhança quanto na diferença.

“A diferença é, simultaneamente, a base da vida social e fonte permanente de tensão e conflito” (Gilberto Velho, em “Cidadania e Violência”, 2000).

Baseando-se na cor da pele e algumas outras características fisiológicas (peso, altura, sexo) e sociais (nome, cidade, país) das pessoas, o presente trabalho – SKINdoscope (PELEdoscópio) –constrói um caleidoscópio na web, onde a poética e resultado visual se formam  e dependem das relações entre as peças e as formas e cores de cada uma, num jogo de alteridade e identidade.

O PELEdoscópio é formado pelas peças que representam as pessoas que interagiram com trabalho – o tamanho de cada peça é proporcional ao IMC (índice de massa corporal) da pessoa, a cor da peça é a cor da pele da pessoa e o formato da peça é função do sexo da pessoa. A posição que cada pessoa (peça) ocupa no espaço do caleidoscópio é determinado pela própria pessoa, e ela pode escolher perto ou longe de quem ficar, ou até mesmo se sobrepor.

Deste modo, este trabalho de web-art procura levar o participante a refletir sobre questionamentos relacionados à poética da alteridade, o valor e importância da diferença, e o modo como interagimos com ela quando a enfrentamos e nos posicionamos entre os outros.

exposições

  • 2007 – FILE Festival, Brasil
  • 2008 – FILE Festival Rio & FILE Symposium Rio, Brasil
  • 2008 – IV Media Arts – Festival de La ImagenColombia
  • 2008 – Visionary Landscapes Exhbition na ELO Conference, Portland, US

análise crítica

Da pesquisa realizada para a elaboração desse trabalho resultaram vários papers apresentados no Brasil e exterior e também impulsionou a escrita dos livros “Marketing de Otimização de Buscas na Web”, Ed. Esfera, 2008, e “SEM e SEO – Dominando o Marketing de Busca”, Ed. Novatec, 2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assinar Newsletter

NEWSLETTER

Quer receber novidades sobre cursos e eventos e as últimas atualizações do blog? Assine a newsletter!